quinta-feira, 13 de abril de 2017

BERTO DIAS

Berto Dias foi apresentador do último programa da extinta TV TUPI: Olimpop ao lado da saudosa Monique Alves. Como ator fez muito teatro, com destaque para a peça Blue Jeans com direção de Wolf Maya. Ainda na televisão atuou em vários especiais e programas humorísticos. Namorou a atriz Anne Moore.

E mais: 

Dalmo Peres fez parte do elenco fixo do humorístico Os Trapalhões e atuou em um dos episódios da série Carga Pesada. No cinema esteve em: O Rei e os Trapalhões, O Incrível Monstro Trapalhão, Fruto do Amor, Fuscão Preto, Estranho Desejo e Gozo Alucinante.

Vicente Morão foi um modelo e ator do final dos anos 1970 e início dos 1980. Nasceu na Bahia e fez muito sucesso nos comerciais de TV. Atuou no episódio Chave do Tamanho do Sítio do Picapau Amarelo em 1981.

sábado, 25 de março de 2017

GILBERTO SÁLVIO

Gilberto Sálvio foi um dos pioneiros da televisão brasileira. Atuou em grandes sucessos da extinta TV Tupi e de outras emissoras: A Moça Que Veio de Longe, Sangue do Meu Sangue, Helena, A Próxima Vítima, Anjo de Mim entre outras. Foi uma presença constante no cinema nacional: Passaporte para o Inferno, Ainda Agarro esse Machão, Núpcias Vermelhas, Noites de Iemanjá,  Maridos em Férias, Mágoas de Caboclo e etc. Seu último trabalho foi no filme Pródigo. No teatro atuou em Círculo do Champagne com Rosamaria Murtinho. Gilberto faleceu no dia 21 de março de 2017.
E mais:
Marilena de Carvalho despontou no teatro na década de 1960. Fez parte do Teatro dos Sete atuando ao lado de nomes como Fernanda Montenegro e Zilka Salaberry. Se destacou nas peças O Mambembe e Beijo no Asfalto. Sua primeira novela foi na TV Record em 1964: Sonho de Amor. Atuou ainda em: Sangue do Meu Sangue, Senhora, O Espantalho, Camomila e Bem Me Quer. Fez o filme O Mundo Alegre de Helô. Sumiu das telas e palcos no final da década de 1970

quarta-feira, 8 de março de 2017

MIGUEL CARRANO

Miguel Carrano nasceu em Curitiba no ano de 1939. Fez mais de dez filmes com destaque para: Garota Enxuta, Nos Tempos da Vaselina, Banana Mecânica, Estranho Jogo do Sexo e seu último filme: Mulheres Insaciáveis. Mas foi no teatro que ele pode mostrar todo seu talento em peças como: As Três Irmãs, Os Físicos, Chiquinha Gonzaga ao lado de Eva Todor e Blue Jeans com Fábio Mássimo e Júlio César Vieira. Miguel também deu o ar da graça na televisão, participando das novelas Rosa Rebelde e Irmãos Coragem. Seu último trabalho na TV foi como o Doutor Caracol no episódio Reinações de Narizinho do Sítio do Picapau Amarelo (1982). Miguel faleceu em sua terra natal no ano de 1987 vítima da Aids.
 
E mais: 
 
Terezinha Moreira nasceu em dois de maio de 1931. Foi dubladora de Olívia Palito, Lady Cluch entre outras. Iniciou a carreira artística no rádio, onde ganhou vários prêmios. Foi para televisão, onde atuou na novela O Cafona e no humorístico Faça Humor, Não Faça Guerra. É viúva do ator Paulo Gonçalves. Abandonou a carreira de atriz e hoje vive em Uberlândia, MG.
 

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

OBERDAN JÚNIOR

Oberdan de Souza Gonzalez Júnior nasceu no dia 28 de novembro de 1970 na cidade do Rio de Janeiro. É ator e dublador. Iniciou a carreira ainda na infância com a novela Coração Alado. Atuou com grande destaque nas produções seguintes: Amor com Amor se Paga, A Gata Comeu, Memórias de Um Gigolô e Renascer entre outras.
Uma das melhores atuações já vista em um Caso Verdade foi de Oberdan em O Menino do Olho Azul, interpretando um deficiente visual.
No teatro esteve em O Menino do Dedo Verde, Os Meninos da Rua Paulo e Despertar da Primavera. No cinema fez o filme Os Campeões.
Ultimamente se dedica mais à dublagem, com destaque para: Leitão de O Ursinho Puff, Hércules, Peter Pan e Tintin.

E mais: 

Sylvio Perroni foi o Nanato da novela A Gata Comeu, com o qual fez um enorme sucesso. Depois da novela atuou em um Caso Verdade ao lado de Carla Marins e fez uma peça de teatro - Camaleão na Lua de Maria Clara Machado. Sylvio já foi dono de pizzaria, mototáxi e entregador. Hoje atua como segurança, é casado com Christiane e pai de Anthony.
 
Fonte: Jornal Extra