quinta-feira, 26 de abril de 2012

JOSÉ MIZIARA


José de Barros Miziara nasceu em Barretos, SP, em 1935. Na década de 1950, já em São Paulo, inicia a carreira fazendo circo e posteriormente Teatro, destaque para a peça Hamlet ao lado de Sérgio Cardoso. No cinema foi um dos maiores realizadores do cinema da Boca do Lixo como ator e diretor em filmes como: Ninguém Segura Essas Mulheres, Bacanal, O Bem Dotado, Duas Histórias e etc. Na televisão atuou como ator, diretor, dublador e humorista. Fez sucesso na novela Fogo Sobre Terra; dirigiu os programas Noites Cariocas e Moacyr Franco Show. Hoje, faz parte do elenco fixo do Programa A Praça é Nossa do SBT.

 HILEANA MENEZES nasceu em São Luis, MA, em 25 de fevereiro de 1950. Iniciou carreira de atriz no teatro, com destaque para Lola Moreno, ao lado de Lucélia Santos. Na televisão, fez Plantão de Polícia (1979), Lampião e Maria Bonita (1982), As Noivas de Copacabana (1982), A Máfia no Brasil (1984). Estreia no cinema em 1967 no curta A Carreira, mas ganha destaque por suas interpretações em Tormenta (1983) e O Espelho da Carne (1984), que lhe valem diversos prêmios de melhor atriz. Foi casada com o fotógrafo Mário Carneiro. Por enquanto, seu último trabalho na TV foi em um Você Decide em 1993.

E mais:



 Luisa thiré nasceu no Rio de Janeiro em uma família de artistas. É filha do ator Cecil Thiré, neta de Tônia Carrero e Irmã dos atores Carlos Arthur Thiré e Miguel Thiré. Iniciou a carreira de atriz no teatro, em peças como Sonhos de Um Sedutor e Foi ela que começou, foi ele que começou. No cinema, esteve no filme Oswaldianas. Na televisão atuou como atriz em Direito de Amar, Araponga e Vila Madalena. Foi instrutora de dramaturgia em Porto dos Milagres e Vila Madalena. Hoje, atua como professora de interpretação e recentemente participou de poucos capítulos das novelas A Vida da Gente e Amor Eterno Amor.

 Francisco Negrão nasceu em São Paulo em 1932. Foi um dos pioneiros da televisão brasileira. Vindo do rádio, já chega à TV preparado para atuar em papéis os mais variados possíveis, destaque para: TV Teatro (1958), TV de Vanguarda (1958), Marcados pelo Amor (1964), Renúncia (1964) e Em Busca da Felicidade (1965). No cinema, atuou em A Doutora é Muito Viva, Chão Bruto, Cara de Fogo e Sedução, seu último filme em 1974. Paralelamente à carreira artística monta uma rede de drogarias. Francisco faleceu na década de 1980.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

OSVALDO MIL



Nasceu em Itabuna, BA. Iniciou a carreira de ator no teatro em 1979. Foi locutor de rádio ainda em Itabuna. Com as peças Castro Alves e Os Cafajestes ganha premio de melhor ator. Estreia na televisão em 2000 na novela Uga Uga de Carlos Lombardi; depois atua em sucessos como: Porto dos Milagres, Celebridade, Desejo Proibido e etc. No cinema, esteve nos filmes Tres Historias da Bahia; Por Trinta Dinheiros; Cinema, Aspirinas e Urubus entre outros.


PRISCILA CAMARGO foi um dos rostos mais bonitos da televisão brasileira. Iniciou a carreira nos palcos no grupo de Luis Mendonça na peça Lampiao no Inferno no inicio dos anos 70, nesta época teve um breve romance com o ator Tonico Pereira. Na televisão participou de alguns programas de humor e se destacou em novelas, como: Ciranda de Pedra, Final Feliz, Direito de Amar e Salomé. Nos últimos anos, Priscila é contadora de historias e participa esporadicamente de novelas em pequenos personagens, como em Ti Ti Ti e A vida da Gente.

E mais:

 Nice Meireles nasceu em Cataguase, MG no dia 29 de setembro de 1962 e seu nome de batismo é Cleunice Ferreira Meireles. No cinema se destacou nos filmes As Aventuras de Um Paraíba e Prisioneiros do Rio. Em novelas, participou em 1982 do grande sucesso do horário das 18 horas, Paraíso. Posou nua em 1983. Abandonou a carreira a partir dos anos 90.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

PAULO HENRIQUE SOUTO

PAULO HENRIQUE SOUTO - Paulo Henrique Veloso Souto nasceu em Montes Claros, MG, em 1947. No cinema atua como ator, diretor, assistente de direção, assistente de produção, produtor. Participou dos filmes: Cabaret Mineiro, Quilombo, Areias Escaldantes, Sonho de Valsa e Maré de Azar. Na televisão apareceu em poucos trabalhos, com destaque para a novela Corpo a Corpo em 1984. Continua na ativa e sempre participa de festivais de cinema pelo Brasil a fora. É um dos grandes nomes do cinema nacional.

 GLÓRIA CRISTAL é o nome artístico de Glória Maria de Oliveira, nascida em Nova Iguaçu, RJ, em 1952. No cinema, foi um dos símbolos sexuais nas décadas de 1970/80 em filmes como Tem Folga na direção, Xica da Silva, Fêmeas em Fuga, Essas Deliciosas Mulheres entre outros. Na TV, esteve nas novelas Antonio Maria e Selva de Pedra (1986). Não se encontram registros da continuidade da carreira de Glória após o ano de 1986. Foi casada com o ator Paulo Ramos.

E mais:

 Sérgio Maia de Oliveira nasceu em 1954. Iniciou na vida artística em 1975. Estreou no cinema no filme Águia na Cabeça. Brilhou ainda em Quilombo e sua última participação no cinema foi em 1998 – Fica Comigo.  Na televisão esteve na novela Corpo a Corpo e em um episódio de Você Decide em 1993. No teatro atuou em várias peças como ator e bailarino, destaque para Vargas de Dias Gomes com direção de Flavio Rangel em 1983 e Feira Livre de Plínio Marcos. Sumiu das telas a partir da década de 2000.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

TÂNIA LOUREIRO


Tânia Regina Vieira Loureiro estreou como atriz na década de 1970 no teatro. Seu primeiro sucesso nos palcos foi na peça Um Edifício Chamado 200 ao lado de Milton Moraes e Denise Dumont, em 1978. Sua última peça foi em 1994 ao lado de Reginaldo Faria em Amândio, O Bem Amado.
Logo chamou a atenção da TV, onde estreou na série Ciranda Cirandinha. Desfilou sua beleza e talento em novelas como: Memórias de Amor, Pão Pão Beijo Beijo, Selva de Pedra, Salomé, Sonho Meu. Sua última trama foi Irmãos Coragem em 1995. Atuou em dois programas Você Decide, sendo o último A Desforra em 1997, quando se despede da carreira de atriz. Hoje, Tânia é funcionária pública do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Fonte: Orkut, Comunidade POA- Por Onde Anda?


WALTER MATTESCO estreou na vida artística como cantor, na Radio Mayrink Veiga. Logo depois foi contratado pela Radio Nacional. Devido sua bela voz e sua beleza, logo se destaca como galã do filme Colégio de Brotos da Atlântida ao lado de Oscarito. Ainda no cinema, participou do filme Levante das Saias. Na televisão estreou em 1967 na novela O Homem Proibido. Ainda fez Selva de Pedra em 1972 e sua última novela foi Roda de Fogo em 1986 pela Rede Globo. Atuou também no teatro, mas sua carreira sempre foi mais festejada na música, onde gravou vários discos, principalmente de Bossa Nova.

Fonte: Memorial Norma Suely

E mais:

Alfredo Murphy estreia no cinema em 1962 no filme Rio à Noite. Nos anos 1960 participa de várias co-produções como Manaus, Glória de uma Época (1964) e Os Selvagens (1965). Nos anos 1970 vai para a televisão, sendo sua primeira novela Pecado Capital, em 1975, como o vilão Sandoval. Depois participa de Duas Vidas (1976), Paraíso (1982), Grande Sertão: Veredas (1985) e Pacto de Sangue (1989). Seu último filme é Manoushe, a Lenda de um Cigano. Morre em 8 de janeiro de 1996, no Rio de Janeiro.